8 Livros Recomendados por Steve Jobs

Steve Jobs - Livros Recomendados

Steve Jobs foi um empresário americano, designer industrial, investidor e proprietário de mídia que viveu de 1955 a 2011 na Califórnia. Abaixo você verá uma lista de 8 livros lidos e recomendados por Steve Jobs, mas antes um pouco de contexto para entender porquê fizemos esta lista com as recomendações do fundador da Apple.

Você deve ter ouvido falar dele como o “fundador da Apple”. Mas ter sido o CEO, presidente e criador da maior empresa de eletrônicos do mundo não foi seu único feito. Jobs também foi presidente e acionista majoritário da Pixar, membro do conselho de administração da The Walt Disney Company, fundador, presidente e CEO da NeXT, entre outros.

Os traços icônicos de Steve eram o de um empreendedor insistente, determinado e autoconfiante. Ele também era muito preocupado com detalhes – por exemplo, ele sabia quantos parafusos são necessários para construir um iMac.

O que impressiona na lista de Jobs é que, ao contrário da lista de livros recomendados por Bill Gates, praticamente todos os títulos são sobre uma única pessoa superando grandes dificuldades e desafios. De certa forma faz sentido.

O que Steve Jobs Criou?

O nome de Steve Jobs aparece no registro de patentes dos EUA como o autor de 346 patentes, mas sua contribuição real em todos esses avanços é bastante variável. Um de seus biógrafos, Walter Isaacson, o retrata como um “aprimorador”: alguém que, em vez de inventar, procura aprimorar e polir novoas tecnologias para torná-las mais fáceis de usar e mais eficientes.

Steve Jobs, fora ter fundado a Apple, também esteve por trás das seguintes invenções (ou reinvenções) de acordo com a BBVA OpenMind:

  • Macintosh: O Macintosh original (1984) foi o primeiro computador pessoal com uma interface gráfica. Tinha janelas, ícones e um mouse para navegar entre eles. Steve Jobs não inventou essa ideia. Todo mundo sabe que ele se inspirou no centro de pesquisas da Xerox, onde essas ideias já foram desenvolvidas. Mas Jobs incorporou todos eles em um computador revolucionário, acrescentando seus próprios toques.
  • O Mouse: Steve Jobs não inventou o mouse, mas passou seu tempo como CEO da Apple aperfeiçoando-o, com resultados mistos. Ele acertou com o mouse simples de um botão do Macintosh original, muito mais simples do que os mouses existentes até então.
  • MacBook (1998), iPod (2001) e iPad (2010): Esses três dispositivos são semelhantes. Com eles, o “aprimorador” californiano propôs reinventar três aparelhos obsoletos: o PC, o MP3 player e o tablet. Sua estratégia foi a mesma em todos os três. Ele liderou designers talentosos e engenheiros de software para criar vários protótipos, refinando, buscando simplicidade e beleza.
  • iPhone: O iPhone, talvez a conquista tecnológica mais importante da Apple, foi desenvolvido usando o mesmo “método Jobs”. Ao combinar funções de outros dispositivos portáteis, como tocadores de MP3, navegadores GPS e até câmeras, o iPhone conquistou o mercado.

Livros Recomendados por Steve Jobs

Só os Paranóicos Sobrevivem

por Andrew Grove

Andrew Grove foi presidente e CEO da Intel, a maior fabricante de chips do mundo. Neste livro, ele explica como identificar e capitalizar momentos importantes de transição em qualquer setor. Momentos que podem resultar em falhas catastróficas ou sucesso fenomenal.

A Intel veio a se tornar a quinta empresa mais admirada nos Estados Unidos e a sétima empresa mais lucrativa da Fortune 500 sob a liderança de Andrew Grove. Apenas alguns CEOs podem se gabar de tais conquistas. Grove credita muito disso à atitude e às táticas que aprendeu da maneira mais difícil enquanto liderava a Intel em uma série de quase-acidentes. Em qualquer empresa, há momentos em que tudo muda drasticamente, e todas as leis do jogo se movem rapidamente e inexoravelmente.

Só os Paranóicos Sobrevivem pode ser encontrado na Amazon neste lInk.

A revolta de Atlas

por Ayn Rand

A revolta de Atlas é um clássico moderno e a mais extensa declaração de objetivismo de Rand — e de sua filosofia pessoal. O livro oferece ao leitor um espetáculo da grandeza humana, retratada com toda a poesia e poder de uma das principais escritoras americanas do século XX.

É um romance complexo e gigantesco, com mais de 1200 páginas.

A revolta de Atlas pode ser encontrado na Amazon neste link.

Moby Dick

por Herman Melville

Uma das obras mais imaginativas da história literária.

Moby Dick é, em parte, a narrativa de um maníaco inquietantemente convincente travando uma batalha contra uma criatura tão grande, mortal e misteriosa quanto o mar. No entanto, mais do que um conto de aventura, mais do que uma enciclopédia da tradição baleeira e seu folclore, a obra pode ser vista como uma extensão da reflexão de seu autor sobre a América.

Moby-Dick também é um exame profundo do caráter, da fé e da natureza da percepção, escrito com um humor brilhante.

Moby Dick pode ser encontrado na Amazon neste lInk.

O Dilema da Inovação

Clayton M. Christensen

De acordo com Clayton M. Christensen, professor de Harvard, organizações excepcionais podem fazer tudo certo e ainda assim perder a liderança de mercado – ou pior, desaparecer completamente. E ele não apenas demonstra suas afirmações, mas também instrui o leitor sobre como evitar um destino semelhante. Outra coisa interessante é que este é um dos livros preferidos de Jeff Bezos, fundador da Amazon.

Concentrando-se em exemplos de “tecnologia disruptiva” – por exemplo, o processador 8088 da Intel ou a escavadeira hidráulica – Christensen demonstra por que a maioria das empresas perde “a próxima grande onda”. Seja em eletrônicos ou varejo, a menos que os gerentes saibam quando abandonar as técnicas tradicionais de negócios, uma empresa de sucesso com produtos comprovados pode desaparecer. Usando lições de triunfos e fracassos das principais organizações, “O Dilema da Inovação” descreve um conjunto de diretrizes para lucrar com o fenômeno da inovação disruptiva.

O Dilema da Inovação pode ser encontrado na Amazon neste link.

A Estrutura das revoluções científicas

por Thomas S. Kuhn

Um grande livro pode tornar-se parte de nosso modo de pensar, influenciando nosso pensamento a ponto de nos esquecermos sobre quão intrigantes e exigentes suas ideias já foram – e ainda são. Essa é a estrutura desse livro de Thomas Kuhn. Sua publicação de 1962 marcou um ponto de virada na história e filosofia da ciência. Ainda tem muito o que ensinar 50 anos depois.

Com A Estrutura das revoluções científicas, Kuhn desafiou noções lineares de progresso científico de longa data, argumentando que ideias transformadoras não vêm de experimentação incremental e coleta de dados, mas sim da “ciência normal”, aqueles momentos inovadores que perturbam o pensamento aceito e oferecem ideias inesperadas. Em nossa era biotecnológica, as teorias de Kuhn sobre como as revoluções científicas ordenam as anormalidades que se acumulam ao longo do tempo nos estudos de pesquisa ainda são relevantes.

A Estrutura das revoluções científicas pode ser encontrado na Amazon neste lInk.

Rei Lear

William Shakespeare

Uma mistura única de conflitos familiares e crises políticas, de amor e ódio entre pais e filhos, King Lear ecoa niilismo no século 16 e início do século 17.

Rei Lear, frequentemente considerado a obra-prima de Shakespeare, começa com um rei idoso em busca de um sucessor que acaba escolhendo duas filhas indignas de confiança em vez daquela que o ama. Por causa desse erro, ele perdeu sua autoridade e foi condenado a uma existência horrível de miséria e insanidade.
Nenhuma peça de Shakespeare foi tão longe a ponto de combinar características grotescas, bizarras e violentas, em contrastes humanos, em sequências ridículas cheias de truques implausíveis que envolvem a cabeça do leitor em uma construção narrativa cada vez mais poderosa.

Rei Lear está disponível na Amazon neste link

Alta fidelidade

por Nick Hornby

Você tem uma lista das cinco separações mais memoráveis?

Rob mantém esse tipo de lista. Laura não está nela, apesar de ser sua ex mais recente. Ele recuperou sua vida. Ele pode fazer o que quiser, quando quiser, como ouvir qualquer música que quiser, procurar as garotas em sua lista e geralmente agir como se Laura não existisse. Mas Rob está preso. Ele está preso em uma rotina, e se chama Laura. Rob logo se vê debatendo grandes questões como amor, vida e por que escolhemos compartilhar os nossos momentos com as pessoas que escolhemos.

Alta fidelidade pode ser encontrado na Amazon neste lInk.

On the road – pé na estrada

por Jack Kerouac

Um romance que simboliza a América da Geração Beat. On the Road – pé na estrada segue Jack Kerouac enquanto ele viaja pela América do Norte com seu amigo Neal Cassady.

Eles viajam pelo país em busca de autoconhecimento e experiências. O livro é um trabalho inspirador de significado duradouro devido ao amor de Kerouac pela América, compaixão pela humanidade e senso de linguagem. Desde a sua publicação inicial, este livro inspirou gerações inteiras.

On the road – pé na estrada pode ser encontrado na Amazon neste lInk.

Conclusão: Livros Lidos e Recomendados por Steve Jobs

  • Só os Paranóicos Sobrevivem
  • A revolta de Atlas
  • Moby Dick
  • O Dilema da Inovação
  • A Estrutura das revoluções científicas
  • Rei Lear
  • Alta fidelidade
  • On the road – pé na estrada

Se você gostou dessa lista de livros recomendados por Steve Jobs, recomendamos também:

Melhores Livros para Aprender sobre Astronomia

Os Melhores Livros para Empreendedores

Os Livros Recomendados por Elon Musk


Destes livros indicados por Steve Jobs, qual o seu favorito? Existe algum outro livro recomendado pelo fundador da Apple que você gostaria que colocássemos na lista? Se tivesse que escolher UM título para receber de presente, qual seria? (Talvez sortearemos ele entre todos os membros de nossa lista de e-mails, à qual você pode se juntar gratuítamente no link abaixo).

Até a próxima!

Que tal a chance de ganhar livros de grandes autores direto na porta de sua casa?

Fora sortear livros, nós também iremos te manter informado de promoções EXCLUSIVAS com até 80% de desconto. E não iremos lotar sua caixa de mansagens: jamais iremos mandar mais de 1 e-mail por semana.

Assine gratuitamente e começe a aproveitar!